quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

UM ANO SEM CASIMIRO FEREIRA

..
.
.


Santo António de Lisboa um grande pregador do Evangelho e um intercessor poderoso. ...

17 Fevereiro 2009 – 17 Fevereiro 2010




Hoje, dia 17 de Fevereiro, comemoramos um ano de falecimento do nosso querido e estimado amigo Casimiro Nunes Ferreira.

Foram muitos anos de presença na Comunidade Paroquial de São Vicente de Fora. Ali deixou muitas marcas no trabalho pastoral, sobretudo nas actividades caritativas e doutrinais, como zeloso servidor da sua paróquia na companhia do seu grande amigo e Pastor Padre Correia da Cunha. Evoco hoje a sua dedicação e o seu caminho de simplicidade… Para quem conviveu com Casimiro Ferreira, estou seguro que teve a felicidade de ter vivido momentos gratificantes e abençoados e ter podido contar com tão grande amigo.

Ao escrever este post num ambiente de silêncio, fico a pensar: é difícil acreditar que um ano já se passou desde a sua partida do nosso convívio. Tudo aconteceu muito rápido. Soube viver a vida este homem de grandes virtudes, daí ter construído tantas amizades e admiradores…

Legou um enorme testemunho de grande devoção ao seu Santo Protector: Santo António de Lisboa.

Queremos agradecer-lhe os exemplos de vida e fé, mesmo não estando fisicamente entre nós, continua merecedor de todas as nossas orações e homenagens de gratidão.

Casimiro, hoje, junto de São Vicente e do seu protector Santo António de Lisboa, continuará a intensificar em cada um de nós, que somos seus amigos, uma forte amizade.




Os amigos que partiram…
.
.






IN MEMORIAM


Casimiro Nunes Ferreira


1928-2009




Casimiro Nunes Ferreira (1928-2009), natural de Monforte da Beira – Castelo Branco, nasceu no dia 8 de Maio de 1928. Era um homem simples e bom. Frequentou o seminário e chegou a ser colega de curso do Reverendíssimo Sr. D. António Marcelino, bispo emérito da Diocese de Aveiro.

Foi um bom esposo, um bom pai, um bom paroquiano e um cristão exemplar. Morreu depois de algumas semanas de doença grave.

Casimiro Nunes Ferreira, pela sua simplicidade e dedicação, tornava-se de imediato querido e estimado por quem o conhecesse ou lidasse com ele. Foi catequista na Paróquia de São Vicente de Fora e membro do Conselho Paroquial presidido pelo Pe. José Correia da Cunha. Membro activo da Conferência de São Vicente de Paulo.

As celebrações do seu funeral, realizaram-se hoje dia 18 de Fevereiro, na Igreja Paroquial da Graça. Foram presididas pelo Reverendo Pe. António Carreto, antigo pároco de S.Vicente de Fora e contou com a presença do concelebrante Pe. João Beato, assim como do nosso Diácono Jorge Campos.

Profundamente sensível, generoso e humano, a maior parte da sua actividade na nossa paróquia dedicou-a ao apostolado da caridade (CVSVP). Para muitos de nós ficará também a recordação da sua dedicação ao serviço da liturgia.

Casimiro Ferreira foi meu Catequista do 4º Volume da Catequese no grupo cujo orago era Santo António de Lisboa, seu protector. Sabia despertar em cada um de nós aquilo que havia de bom.

Celebrou suas Bodas de Ouro em 2003 a 20 de Outubro; Casimiro Nunes Ferreira e Maria Helena da Conceição Ferreira. A comemoração realizou-se na Igreja Paroquial "Senhor dos Passos" da Graça, onde também foi realizado o seu casamento.

O nosso amigo foi ao encontro de Deus, ficando à nossa espera no céu. E, sem dúvida, que ele lá estará com seu pastor e amigo de tantos anos; Pe. Correia da Cunha.

São Vicente de Fora guarda-o em seu coração! Deixando em todos muitas saudades.

RECEBEI, SENHOR, NA GLÓRIA DO VOSSO REINO O NOSSO IRMÃO.


Publicado no dia 18 de Fevereiro 2009
.
.
.

1 comentário:

  1. No dia que passam 4 anos do seu falecimento, a família e amigos participaram na eucaristia em sufrágio da alma de Casimiro Nunes Ferreira, na Igreja de São Vicente de Fora. A sua memória ficará porque ele foi, sobretudo um grande homem de acção. Era preocupado com a sua Paróquia. Os seus instrumentos de trabalho foram o de contribuir na construção de uma Comunidade mais fraterna e humana. A Paróquia de São Vicente de Fora guarda-o em seu coração! Eterna Saudade.

    ResponderEliminar