domingo, 19 de junho de 2016

ALA DOS AMIGOS DE PE. CORREIA DA CUNHA








Os amigos que partiram…








IN MEMORIAM



LUÍS FERNANDO DE SOUSA QUARESMA



1930-2016





Luís Fernando de Sousa Quaresma (1930 – 2016), natural de Foz do Arelho, Concelho das Caldas da Rainha, nasceu no dia 12 de Junho de 1930. 


Tive a felicidade de conhecer o Luís Quaresma, há mais de quarenta anos. Este querido e saudoso amigo era um homem muito generoso e um mestre na difícil arte de fazer amigos. Por tudo o que lutou, que amou e que conseguiu construir durante a sua existência, muito me orgulho de o ter tido como um grande amigo.

Fui de Lisboa à Foz do Arelho para tomar parte nas cerimónias fúnebres de um grande e velho amigo mas ficará indelével na minha memória que no centro do altar da singela capela mortuária ardia o grande círio pascal da Comunidade Paroquial de São Vicente de Fora do ano de 1973. 

Na vigília Pascal havia um rito da autoria do Padre Correia da Cunha, que era a entrega pública do anterior círio, que durante todo o ano havia iluminado a comunidade cristã de São Vicente de Fora, a uma família por ele escolhida. No ano de 1974 foi à Eunice e ao Luís Quaresma confiada a missão de zelarem pela presença da Luz de Cristo no seu lar. Ontem, essa luz de Cristo irradiava toda aquela capela, simbolizando a presença de uma comunidade triste mas simultaneamente alegre. Triste pela saudade da interrupção do convívio físico, mas feliz por sentir que o Luís Quaresma já toma parte da plenitude da luz de Cristo. Que bonita simbologia!


Ao longo da sua caminhada Luís Quaresma cumpriu condignamente os seus deveres no lar, na sociedade, no trabalho e nas suas duas Paróquias (São Vicente de Fora e Foz do Arelho). 

Pelos seus nobres predicados tornou-se credor da maior estima e de respeito de todos os membros destas Comunidades Paroquiais.

O Luís Quaresma entregou-se devotadamente com as suas sublimes qualidades ao canto litúrgico. Vivia, de alma e de coração, esta sua vocação. Os grupos corais de que era membro enchiam de brilho as celebrações eucarísticas. Era uma pessoa especial… através de uma vida que era exemplo de generosidade e de modéstia, um verdadeiro cristão. 


Na Comunidade Paroquial de Foz de Arelho foi relembrado por singelas mas sentidas palavras, lidas comovidamente e escutadas em respeitoso silêncio pelos muitos amigos, que encheram aquele templo, com olhos marejados de lágrimas, nesta última homenagem na bela Igreja Matriz.


“Já não ouviremos a bela voz do Luís neste coro paroquial. Pois a sua voz já incorpora o coro dos anjos celestiais.”



A saudade punge angustiosamente a nossa mente, mas o Luís Quaresma continuará bem vivo na memória de todos os seus amigos: pelo seu carácter virtuoso, pelas suas palavras serenas e confortantes na hora certa, pelo seu agir que nos servirá de guia, pela sua bondade que será lema, pela sua amizade que foi calor e orgulho…

Não poderia deixar de expressar nesta justa homenagem a admiração e o grande sentimento de apreço do Padre Correia da Cunha, que teve o privilégio de tê-lo como paroquiano, e que sempre contou com a gratíssima honra da sua profunda amizade.

Recordo o Luís Quaresma, como membro do Conselho Paroquial na sua época, aproveitando para testemunhar a simpatia, o sorriso e a cordialidade que granjeava. A sua colaboração era muito importante pelo seu sentido de responsabilidade naquele Conselho. Era um notável membro do Conselho Paroquial presidido pelo Padre Correia da Cunha. As suas intervenções no Conselho Paroquial engrandeciam aquele órgão de consulta do seu dilecto prior.

Pela sua constância e vontade de bem servir a Comunidade Paroquial de São Vicente de Fora é justo prestar esta homenagem e exprimir em nome de todos os seus afectuosos amigos um agradecimento à dedicação de longos anos de trabalho à sua comunidade paroquial.


No dia 17 de Junho de 2016, foi repousar na Glória de Deus. Hoje junto do PAI e de seu amigo e pastor o Padre Correia da Cunha continua a interceder por todos nós, que fomos seus amigos.

São Vicente e Nossa Senhora da Conceição (Padroeira de Foz do Arelho) guardam-no em seu coração!


Deixou em todos muitas saudades.





RECEBEI, SENHOR, NA GLÓRIA DO VOSSO REINO O NOSSO IRMÃO.

































































.

1 comentário:

  1. Anónimo22.6.16

    A minha mãe e eu, muito agradeçemos o teu carinho e as palavras que escreveste sobre o meu pai. Palavras muito sentidas de amizade e carinho. Recebe um grande abraço da minha mãe e meu. Muito Obrigado! Adérito Quaresma
    O Sr. Luís Quaresma era especial, uma voz celestial as orações que cantava eram perfeitos louvores a Deus...que Ele o receba no seu reino de glória e lhe dê a paz e o eterno descanso. Que os seus familiares e amigos sejam confortados da dor pela perda do seu ente querido Filomena Dias

    ResponderEliminar